Skip to content

As oito regras de Kurt Vonnegut para escrever ficção

outubro 15, 2009

1. Use o tempo de um completo estranho de forma tal que ele(a) não sentirá que perdeu seu tempo.

2. Dê ao leitor pelo menos um personagem por quem ele(a) possa torcer.

3. Todo personagem deve querer algo, mesmo que seja apenas um copo d’água.

4. Toda frase deve fazer uma de duas coisas — revelar personagem ou avançar a ação.

5. Comece o mais próximo possível do fim.

6. Seja sádico. Não importa o quão doces e inocentes sejam seus personagens principais, faça acontecer com eles coisas terríveis — para que o leitor possa ver do que eles são feitos.

7. Escreva para agradar a uma única pessoa. Se você abre uma janela e faz amor com o mundo inteiro, por assim dizer, sua história vai pegar pneumonia.

8. Dê aos seus leitores toda a informação possível. Pro inferno com o suspense. Os leitores devem ter um entendimento completo do que está acontecendo, onde e quando, para poderem, eles mesmos, terminarem a história caso baratas devorem as últimas páginas.

— Vonnegut, Kurt Vonnegut, Bagombo Snuff Box: Uncollected Short Fiction (New York: G.P. Putnam’s Sons 1999), 9-10.

No comments yet

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: