Oberon Tees

Eis que, não mais que de repente, recebi hoje um recado do querido e saudoso amigo Marcos Roberto da Canção Pungente, Oberon para tantos, falando das camisetinhas SUPER MASSA que ele está fazendo com stencil e muito amor no coração. Já encomendei a minha do pulp. Simplesmente tudo nessa vida, uma camiseta do Pulp.

Em breve posto mais detalhes sobre o blog transadíssimo de camisetas que ele está cozinhando, mas até lá façam suas encomendas pelo e-mail do moço: discototalARRÔUBAgmail.com.

Anúncios

sapatezas

louloux_sapato1

Pois deixa eu dizer pra vocês, em primeiro lugar, pra deixar tudo em pratos limpos, que odeio Sex and the City. E sim, eu agradeço à Sarah Jessica Parker por ter salvo a vida do Robert Downey Jr. mas tenho horror a todo esse circo mulherzinha, como toda boa mulher-traveco. Em suma: gosto de sapatos, adoro maquiagem e tenho carinho por várias peças de roupa, mas jamais me renderei àquela balela de que mulher tem que ser gostosa pra valer alguma coisa. Se há alguma coisa que aprendi em 28 anos não sendo uma modelo internacional, é que tem coisas que beleza não compra.

Dito isso, preciso expressar minha euforia total depois que fui, hoje cedo, à liquidação da Louloux. A Luísa tinha dado a dica e quando vi os modelos no site fiquei em chamas para conferir. Sapatinhos lindos por 80 reais e botas incríveis por um precinho um pouco menos doce, mas ainda assim, longe do salgado. Infelizmente, tudo o que meus parcos meios me proporcionaram foram esses dois modelos que ilustram o post. E mesmo assim tive que me encalacrar pra pagar. Mas o local estava recheado de botas e sapatos fantásticos que não pude trazer comigo para amar e respeitar até que a morte nos separe. Deus sabe que eu teria deixado a mãe lá, se a minha tivesse algum valor de mercado.

louloux_bota

Pubiscidade II

Para provar que eu tenho ainda um respeito fugaz pela publicidade como meio de expressão antropológico-artística, venho por meio deste brindar-vos com um comercial fantástico que o amigo Noah compartilhou comigo recentemente. Simplesmente genial.

e já que estamos nessa, tem também a série de comerciais do BAFICI que basicamente MUDARAM MINHA VIDA.

Steven Seagull can’t get an erection

lightningbolt
O símbolo do CHI é pra não deixar dúvidas do propósito essencialmente CAFONA do drink.

Para ser sincera, eu sempre odiei bebidas energéticas, e acho que é a maior bichice. Claro que chimarrão, chás estimulantes e café não entram na categoria, estou falando daquelas latinhas com gosto de remédio, que os playboys usam pra estragar o whisky 12 anos que não mereciam estar bebendo.

Fato é que, aparentemente, o mercado de energéticos não pára de crescer, e a coisa está ficando — sinceramente — insustentável. Há uns dois meses atrás, passei pelo postinho AM/PM na Nilo e um letreiro na porta da loja anunciava a promoção. Por apenas R$ 5,99, o cara levava 1 lata de energético + 1 pacote de Jontex. Veja bem: normalmente esses anúncios são “Pão de queijo + café” ou “hambúrguer + refri”, mas nesse caso era “energético + camisinha”.

Posso até estar com a idéia errada (se for esse o caso, me recuso a admitir), mas fiquei com a impressão de que o energético de hoje é o viagra de amanhã.

E eis que o mais novo guru da “energia” é ninguém menos que ele: Steven Seagull. O mais bagaceiro de TODOS os mocinhos de guy-flick. Atenção especial para os sabores: CHERRY CHARGE e ASIAN EXPERIENCE… Até os nomes são pensados para ajudar o cara a comer alguém. Imagine só a cena…

Ele: Why don’t we go somewhere private for an asian experience?
Ela: I dunno…maybe we could go back to my place…I’ve got a cherry charge waiting for us…

Esse mundo está perdido, mesmo. Para onde foi aquele tempo em que as pessoas simplesmente saíam se engalfinhando pela rua e terminavam na cama de seus pais, levando consigo apenas o porre, e aquele indivíduo de fama duvidosa? Naquele tempo ninguém precisava tomar bebidinhas de veado pra fornicar os prazeres da vida.

Mas essa merda toda pode até ficar divertida. Até que ponto podemos forçar o universo de “nomes para sabor de bebida energética” de encontro ao universo “frases de efeito para comer alguém?”. Começo com algumas sugestões, tais como Skinny Dippin’, Milked Banana e Jay-Jay-Joy.

Mais nos comentários, façam o favor. Ou não, se preferirem, seus putinhos.

[meu muito arigatô pro amigo andré, que me mandou o link]