dous-mil-e-oito (esboçado em tons de dor & delícia)

Inspirada no post de ano velho do meu querido amigo Marcelo Noah, resolvi também fazer um, não apenas pela catalogação, que por si só me atrai, mas pelo valor curativo e reflexivo da cousa, já que esse ano que passou foi impar, tanto em delícias quanto em dores.

– na noite de 17 de  janeiro, tomei um ônibus para o lado certo de montenegro, onde conheci em carne e osso o homem com quem passarei o resto de minha vida;

– pouco depois, mudei-me para a casa de minha avó por três meses, período de reflexão e planetas retrógrados;

– aprendi a confeccionar bichinhos de feltro e tecido, e fiz alguns de que me orgulho;

– retomei a proximidade com a marih, minha amiga de trocentos anos, de quem eu estava um pouco afastada, e cuja falta me doía como a de um membro amputado;

– passei10 dias de pós-carnaval no farol de santa marta com marcel, beto e graça, em estado de graça;

– vi um eclipse lunar;

– parei de tomar remédios;

– comprei um laptop, o que me acrescentou muito em mobilidade e produtividade;

– recebi uma oferta de emprego irrecusável (que tratei de aceitar, mais que depressa) em um lugar onde sempre quis trabalhar, na companhia de pessoas brilhantes e sapientíssimas;

– aluguei um apartamento ao lado de meu antigo apartamento, na av. alegrete, e nele passei a viver com o marcel;

– ganhei da carla um lindo sari vermelho para minhas núpcias, que deveriam acontecer em maio, mas foram adiadas em um ano, para maio de 2009;

– cursei, aos trancos e barrancos, e fui aprovada, em cinco disciplinas na ufrgs, e agora estou a 3 semestres da redenção;

– recebi com alegria um novo membro na família: o pequeno henrique, bebê mais do que amado por todos;

– descobri que a vida adulta, que eu tanto temia, chegou para mim, e não foi tão ruim quanto eu esperava…primeiros sinais do retorno de saturno;

– aceitei humildemente o fato de que minha mãe jamais voltará a ser o que um dia foi para mim, de modo que tudo o que me resta é querê-la bem, à distância;

– traduzi dois contos de machado de assis, um dos quais ainda estou finalizando, para o inglês;

– passei a dormir em um travesseiro de penas de ganso;

– indiquei para um amigo que queria um bebê o endereço de um abrigo — indicação de uma conhecida — e lá ele pode realizar seu sonho;

– em outubro, tive a chance de receber minha grande amiga graça como colega de trabalho, uma experiência que superou as expectativas;

– trouxe meu gato, o amado jimi, para viver comigo e marcel no apartamento;

– vi meu pai realizar o sonho da casa própria e do carro popular com a mulher de sua vida, a melhor madrasta que eu poderia pedir aos céus;

– voltei a tomar remédios, parei novamente. voltarei em breve, com novo combo;

– festejei meu aniversário em um piquenique no jardim botânico;

– entre 13 e 14 de dezembro, passei cerca de 24h em um sítio delicioso em Osório, onde me senti muito bem quista e aceita por pessoas que admiro profundamente;

– chegando do sítio, marcel encontrou nosso gato, o amado e saudoso jimi, morto embaixo da cama;

– uma semana depois, a vó do marcel também morreu;

– passei a semana subsequente comprando presentes de natal;

– no sábado seguinte, fui com marcel e minha madrinha querida ver o henrique no hospital, onde ele estava já recuperado de um mal súbito, em vias de ir para casa após uma cirurgia e um dia na CTI;

– vi os amigos marcelo e maurício passarem no mestrado da puc, e mais uma cacetadas de amigos que casaram, vários que tiveram filhos, alguns que separaram e outros que se mudaram para longe;

– passei o ano novo na praia do pinhal, na companhia do marcel, meu pai, minha madrasta, minha tia iracema, tio fernando, meu primo ricardo & família, e muitas outras pessoas queridas — meu joelho ficou inchado e não pude andar por alguns dias (ainda não está plenamente bom).

Anúncios

2 comentários sobre “dous-mil-e-oito (esboçado em tons de dor & delícia)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s